1 linkedin  4 youtube  3 facebook  2 slideshare  5 twitter  7 google plus    

De acordo com um canal de TV, segredos sexuais de quase 4 milhões de britânicos caíram na web.

Londres (Inglaterra) - Preferências sexuais e outras informações íntimas de cerca de 3,9 milhões de britânicos, usuários de um site para encontros sexuais, foram divulgados nesta sexta-feira por um hacker. O ladrão de dados virtuais publicou os ‘segredos’ num fórum na internet, como revelou o canal de TV inglês ‘Channel 4 News’. Várias pessoas casadas em busca de casos extraconjugais foram expostas. Entre as contas que vazaram, dezenas são de integrantes do governo do Reino Unido, das Forças Armadas do país ou de serviços de saúde locais.

hacker amorosos
O site promete: 'Encontre parceiros sexuais esta noite'. Proporção de mulheres é de uma a cada 16 usuários homens
 

O banco de dados do site Adult Friend Finder (‘Buscador Adulto de Amigos’, em português) é um dos maiores do gênero, com cerca de 64 milhões de inscritos no mundo todo. Entre os usuários hackeados, havia alguns que já tinham supostamente eliminado suas contas, segundo informaram jornais britânicos.

De acordo com a reportagem veiculada do ‘Channel 4 News’, o hacker, conhecido como ROR, postou nomes, endereços de e-mail, códigos postais, datas de nascimento, endereços IP de computadores e várias outras informações, exceto números de cartões de crédito. Entre os usuários do Adult Friend Finder, mais de sete milhões são britânicos, de acordo com a contagem mostrada na página inglesa do serviço.

Chantagens e golpes

O site, que se apresenta como uma “comunidade próspera sexual”, concentra-se mais sobre o “lado físico e erótico” do namoro on-line. Especialistas em segurança entrevistados por jornais locais acreditam que os endereços rastreados passarão a partir de agora a receber spams em massa. É possível, ainda, que alguns deles sejam ‘filtrados’, visando a uma possível utilização para chantagens e outros golpes.

Shaun Harper, britânico que foi vítima do esquema, se disse chocado de ter seus detalhes divulgados. Ele já não usava o site e havia deletado sua conta. “O site parecia ok, mas depois percebi que não era o que eu queria, pois eu estava buscando relacionamento sério, longo. Mas acabei fornecendo informações pessoais, pois não tinha como entrar no site para conhecer sem fornecê-las”, contou. Algumas horas após a ação do hacker, Harper começou a receber e-mails contendo vírus.

“A Friend Finder Networks Inc. compreende e valoriza a gravidade do problema. Nós nos comprometemos a tomar as medidas adequadas necessárias para proteger nossos clientes se eles forem afetados”, afirmou a empresa controladora do site em nota. A página principal do Adult Friend Finder, que é baseado na Califórnia, nos Estados Unidos, exibe fotos de dezenas de garotas atraentes. Mas são poucas as mulheres que o utilizam: há uma a cada 16 homens.

# #